Tatuagens

O que nos diz a Toráh?

As tatuagens, são desaconselhadas na Torah, no entanto do ponto de vista espiritual não se fica só pelo conselho, há uma proibição clara na Toráh, tal proibição é expressa no livro de Vayicrá/Levítico 19:28:
"E não fareis em vossa carne incisões por um morto, e não poreis em vós escrita de tatuagem - Pois Eu sou O Eterno!".
O corpo é o templo da alma, e deve reflectir o espírito que tem pelo invólucro bem cuidado, da mesma maneira que não destruímos a nossa casa que nos abriga, também não devemos destruir o nosso corpo.
O corpo é formado com os elementos da natureza e a alma com o elemento espiritual que provém de D-us, qualquer ofensa ao corpo e à alma é uma ofensa a D-us e uma rejeição clara da nossa missão nesta vida.
Como se pode perceber existe uma proibição taxativa em relação a tatuagem, e os israelitas não devem se utilizar dela. Na realidade, a proibição é extensiva a qualquer tipo de mutilação corporal ou auto-ferimento, mesmo que esta seja mínima, como é o caso do piercing.
No entanto, não deveremos ter perante o próximo uma atitude preconceituosa contra quem usa tatuagens ou piercings, são modos de vida, que devemos respeitar.

O Mau Olhado

Ayin Hará / עין חארה

A Hansa, colocada ao lado, é um amuleto usado não só por judeus mas também islâmicos e alguns cristãos contra o Mau Olhado, não é apenas uma questão de superstição, mas na Bíblia (Tanack) no Livro de Génesis capítulo 49, 22 Jacob/Israel abençoa José dando-lhe prosperidade, acima dos muros, e isso significa que estaria acima do mau olhado.
Portanto vimos que o mau olhado não é apenas uma questão de superstição, mas há de facto algo que leva as pessoas ao longo de milénios, independentemente das raças, credos e cultura ou extractos sociais a lutar contra este mal, que chamam de Mau Olhado, em hebraico diz-se Ayin Hará עין חארה, sendo que Ayin significa "Olho" e Hará significa "mau" ou "mal".
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores