Poesia - O Povo Judaico - Arn Lutzki


Os sionistas gostam de todos os Judeus,
os comunistas gostam de todos os Judeus,
os socialistas gostam de todos os Judeus,
os anarquistas gostam de todos os Judeus,
Todos gostam de todos os Judeus.
Diz o povo,
Devagarinho ...


- Tal como é o mundo, assim sou eu -
diz o povo.
Como é o mundo? Assim:
um pouco de terra, um pouco de água,
um pouco de ar, um pouco de fogo;
o resto, areia.


- Assim sou eu - diz o povo -
tal como é o mundo.
Um rebento de sionismo,
uma chispa de comunismo,
uma gota de socialismo,
um sopro de anarquismo;
o resto, areia.

- De tudo um pouco - diz o povo -
tal como o mundo, assim sou eu.
Ai de um mundo
todo fogo, todo água,
todo pó, todo ar!
Um pouco de yddish, um pouco de hebraico,
um pouco de religião, um pouco de livre-pensamento;
o resto, areia.


O Povo judaico é velho como o mundo
e sábio como o mundo.


Retirado do Livro "Contos Judaicos de Sempre" de Beatriz Borovich - Editora Ulmeiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores