Parashá Lech Lechá - לֶךְ-לְךָ

Parte Por Ti
Parashá: Génesis, 12:1-17:27
Haftaráh: Isaiah, 54:1-10
Parte por ti, é com esta frase que o Eterno se dirige a Abrão e ordena-lhe que deixe a casa de seu pai Teráh, e que vá em direção a uma terra que Ele Lhe irá indicar.
Após a morte do filho mais novo de Haran, os seus filhos Abrão e Nahor, casaram-se, Abraão com Yiscah que passou a chamar-se de Sarai e Milcá, ambas eram filhas de Haran, após isso, Teráh decidira-se a deixar Ur da Caldéia, e dirigira-se com os seus filhos, Abrão e Nahor e Lot seu neto, filho de Haran, tendo indo parar numa cidade da baixa Babilónia chamada de Haran (o mesmo nome do filho de Teráh), a Torá diz, “e Teráh morrera em Haran”,  o que significa que  com a morte do seu filho mais novo, Teráh   era como se tivesse morrido, esta história veremos mais tarde repetida com  Jacob face a perda de José que fora para o Egito.
Se na primeira parashá temos o nascimento pela Criação divina, na segunda encontramos a quarentena da purificação da Criação pelas águas do dilúvio, que reflete o nosso despertar interior para a fé e a vida religiosa e comunitária, nesta Parashá, temos o início da missão salvítica do povo hebreu, mas também da missão pessoal de cada pessoa, a cada um de nós o Eterno diz-lhe “Vai, deixa a casa de teu Pai” ordena o Senhor a Abrão que  com ele faz uma aliança,  prometendo fazer  dele o Pai de nações e povos, promessa várias vezes repetida pelo Eterno, e celebrada por Melki Tzedec, o  Rei sacerdote  que servia ao Eterno, e que celebra com Abrão uma refeição sagrada, considerada o primeiro kidush, feito com pão e vinho consagrados.


HAFTARÁ: IESHÁYAHU 54:1-10
Lamáh Tomar / Porque dizes?
D-us ordenara a Abrão que parta para uma Terra que Ele lhe iria mostrar, em Iesháyahu o Eterno revela que ampara os cansados e debilitados que tenham esperança no Eterno, e ainda que ordenara que partisse, não o deixará sem proteção, a ele e à Sua descendência, pois quem dá vitórias sobre vitórias não é outro senão o Eterno. Então o eterno questiona porque afirmamos que os Caminhos do Eterno nos estão ocultos?
Israel como povo é o escolhido do Eterno, o descendente de Abrão, cabe a Israel honrar a palavra do Eterno, porque não há outro caminho, Pois o Eterno não rejeita nunca os seus escolhidos, e pede que não temam.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores