Provérbios Judaicos


-A ausência faz o coração crescer mais afeiçoado.
-A beleza está no olho do observador.
-A beleza pode abrir portas, mas somente a virtude entra.
-A curiosidade matou o gato. A satisfação o trouxe de volta, é por isso que o gato têm nove vidas.
-A pedra caiu no arremessador? Desgraça para o arremessador. O arremessador caiu na pedra? -Desgraça para o arremessador.
-A tentação é doce no início e amarga no fim.
-A verdade fica de pé, a mentira cai. A mentira é comum, a verdade incomum.
-Acções falam mais alto que palavras.
-Aquele que come sozinho, morre sozinho.
-As grandes tempestades não duram muito, assim como as grandes felicidades não são eternas.
-Atravesse o rio onde é mais raso.
-Cérebro é melhor do que músculos.
-Com tempo até o urso aprende a dançar.
-Confia em Deus, mas amarra o teu camelo.
-Corte seu casaco de acordo com seu tecido.
-Da felicidade ao sofrimento é somente um passo; do sofrimento para a felicidade parece demorar uma eternidade.
-Mais importante do que vigiar os outros é controlar os próprios passos.
-Não chores o leite derramado.
-Não conte seus frangos antes que estejam chocados.
-Não ensinar o filho a trabalhar é como ensinar-lo a roubar.
-Não envergonhes os outros e não serás envergonhado por eles.
-Não julgue um livro por sua capa.
-Não me faça nenhuma pergunta, e eu não lhe direi nenhuma mentira.
-Não mordas a mão que te alimenta.
-Nenhum castigo é pior do que passar uma noite sem dormir.
-Num restaurante, escolha uma mesa perto de um garçom.
-O homem que pensa poder viver sem os outros está equivocado; o que pensa que os outros não viverão sem ele, está ainda mais equivocado."
-O sono é o melhor médico.
-O sorriso é uma das grandes armas do homem.
-O tempo é capaz de transformar tudo.
-O trabalho mais duro do mundo é não fazer nada.
-Olho por olho, dente por dente.
-Para o ignorante, a velhice é o inverno; para o instruído é a estação da colheita.
-Quando a sorte entra em casa, ofereça-lhe uma cadeira para se sentar.
-Quando o vinho desce, solta-se a língua do homem.
-Quem acrescenta coisas à verdade está a diminui-la.
-Se você se vinga, estará a regredir. Se sabe perdoar, estará a progredir.
-Um centavo economizado é um centavo ganho.
-Um cirurgião bom tem o olho de uma águia, o coração de um leão, e a mão de uma senhora.
-Um começo bom faz um final bom.
-Um coração alegre faz uma vida longa.
-Um homem bom em uma sociedade má parece o maior vilão de todos.
-Um mau trabalhador culpa as ferramentas.
-Um tolo e seu dinheiro são separados logo.
-Uma consciência culpada não necessita de nenhum acusador.
-Uma maçã por dia mantém o médico distante.
-Você não necessita de inteligência para ter sorte, mas necessita de sorte para ser inteligente.

קדיש - Kadish para um ente querido

Kadish (do aramaico קדיש "sagrado") é o nome que se dá à oração que um filho faz pela alma de uma mãe ou pai, falecido, visto que nossos pais nos trazem ao mundo, é digno e justo que nós os filhos os possamos libertar, com esta poderosa oração em aramaico, a lingua que os anjos não falam nem entendem.
O poder dado a esta prece tão especial, recitada regularmente nos funerais, em memória dos nossos entes queridos que partiram, com esta oração damos ênfase à glorificação e santificação do nome de D-us (Ha-Shem). Também podemos orar por outros parentes próximos que tenham falecido sem descendência.

Fui Sexta-Feira ao cemitério onde está sepultada minha mãe, que HaShem a tenha em paz, estava sozinho e coloquei o meu kipá, tirei o papel da recitação do Kadish e comecei a orar calmamente.
No fim fiz uma oração espontaneamente, pedindo a HaShem Heloheinu, todas as bênçãos no céu e que seus pecados lhe sejam perdoados.
Quando terminei, senti uma paz enorme, realmente senti o que é a paz, e creio que quando oramos pelos outros também D-us nos beneficia espiritualmente com suas bênçãos.
Na Toráh e no judaísmo em geral está um grande depósito de sabedoria e bênçãos ao dispor de todos nós, mais perto que nossas mãos e pés, no nosso coração, na nossa mente e com a nossa fé em A-do-nai Elohenu, poderemos fazer um mundo melhor para todos.


Shalom VeBrachá שלום וברכה

Downoad do Texto do Kadish: http://www.mykaddish.com/index.html

Lashon hara לשון הרע

Lashon hara לשון הרע, quer dizer "Falar perverso e maligno", "Má Língua", tem a ver com a maledicência, a fofoca, o diz-que-disse, e uma série de práticas e hábitos que visam falar da vida alheia, é considerado um pecado na Bíblia, evitar o Lashon hara é uma das 613 mitzvot, pelo que a sua prática é expressamente proibida em Levítico 19, 16: Não andarás como mexeriqueiro entre o teu povo; não te porás contra o sangue do teu próximo. Eu sou A-do-nai teu D-us, esta é a lei chamada: CHOK ISSUR LASHON HARÁ. חוק איסור לשון הרע (lei que proíbe a maledicência).
A maledicência é hoje em dia prática comum de uma sociedade sem D-us, uma cultura materialista, pérfida, desumana, onde as pessoas se julgam umas às outras e se condenam à revelia por tudo e por nada, onde a pessoa humana é desvalorizada sistematicamente.
Mesmo a TV, através de novelas, está cheia desses exemplos deploráveis que ao invés de educar distorcem e deformam a mentalidade da nossa juventude.
Vamos fazer uma campanha, lançada aqui, para se combater a maledicência, a fim de que todo aquele que tiver fé e se disser crente em D-us, se afaste da Lashon hara.
No trabalho, na escola e até na vizinhança e família ela tem de ser combatida, pois quem a criou não é outro senão o maligno, o inimigo da paz e do Bem.

Paz e Bençãos / שלום וברכה
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores