"Ha Tikvah" tem origem no Portugal medieval.

      O Estado de Israel, para incutir uma maior identificação com os símbolos nacionais nas camadas jovens do país, introduziu no ensino sobre o Hino Nacional de Israel, denominado "A Esperança" HaTikvah", um dado histórico novo e curioso, e de grande importancia para os judeus portugueses e em particular os Bnei Anussim, trata-se da informação que acrescenta que o Hino de Israel tem origem em Portugal, na altura da Idade Média, visto ter sido descoberto um texto da "HaTikvah" datado dessa altura.
      Esta informação passou a ser introduzida nos manuais escolares distribuídos nas escolas seculares e religiosas de Israel, no entanto as escolas ultra-ortodoxas e árabes não aceitaram esta alteração, do lado árabe entende-se como uma propaganda sionista.
      Até aqui, entendia-se que a origem da letra e música fosse referente a tradições romenas, mas a nova informação que há raízes portuguesas derivou de um estudo que se fez a cerca deste assunto e que o resultado final será a incorporação desta informação nos manuais de várias disciplinas.
      Até agora, era aceite que a melodia teria origem numa balada do folclore da Roménia. No entanto, foi descoberta uma fonte mais antiga, num texto de do século XIV escrito com as anotações musicais da época, numa antiga sinagoga portuguesa.
      Portugal e os portugueses, estão ainda mais ligados a Israel e ao Judaísmo do que aquilo que até aqui se tem pensado.


Este artigo foi adaptado de: "Clara Mente, o blogue do Canhoto" de Gabriel Canhoto um português que se converteu ao Judaísmo, e que presta um grande tributo ao judaísmo com toda a informação acerca do processo de conversão, a vida do dia-a-dia na sociedade israelita e na religão judaica. Um blogue de excelencia vale a pena ver e aprender.

3 comentários:

  1. 0lá Filipe. Não sabia disto. Obrigada pela partilha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De nada caro Oliveira, eu também fiquei surpreso quando soube há poucos anos atrás.um grande abraço.

      Eliminar
  2. Muito interessante, mostrando em israel, o que é mais importante, a abrangência do Judaísmo no mundo ibérico - donde se transportou, ainda que por tristes razões, para o Oriente, a Europa e o Novo Mundo.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores