Pessach a festa da Libertação


Hoje 5 de abril, é o primeiro dia do mês hebraico de Nissan (נִיסָן), sendo que na Toráh ou nos tempos blicos era o primeiro do ano רֹאשׁ חֳדָשִׁים (rosh chodashim) e era o mês no qual selebraremos a Pessach (do hebraico פסח, ou seja, passagem), também conhecida como Páscoa judaica, é o nome da festa da passagem da escravidão do Egito para a liberdade do deserto do Sinai, mais tarde a conquista da Terra Prometida (Eretz Yisrael), é também o sacríficio executado em 14 de Nissan segundo o calendário judaico e que precede a Festa dos Pães Ázimos (Chag haMatzot). Amplamente relatado em Sefer Shemot (Êxodo).A Pessach, é a festa de excelência do judaísmo de todos os tempos e de todos os lugares, a par do Shabbat.
A primeira celebração da Pessach foi à aproximadamente 3.500 anos atrás, foi nesse período que nasceu o judaísmo, em que Moshê (Moisés) recebeu de Ha-Shem toda a instrução da Toráh.
Na noite de 18 de abril é a véspera de Pessach, que se inicia dia 19  e vai até 26 de abril, que corresponde respetivamente aos dias que vão de 14 a 22 de Nissan.
No jantar de Pessach (Seder BePessach) colocam-se:
- Sobre a mesa depositam-se 3 matzot, simbolizando os tres tipos de judeus, os Levi, os Cohen e Yisrael.
- O manual da Hagadáh, para a leitura da história da pascoa e das bênçãos durante a refeição sagrada.
- Uma taça com água salgada para lembrar as lágrimas do povo judeu.
- Um pescoço de frango grelhado, "Zerôa" que simboliza o ante-braço do cordeiro da altura, e representa o Braço-Forte com que D-us libertou o povo.
- Um ovo cozido (Beitzá), que representa o renascimento.
- Folhas de alface, que se chamam "Moror" e representam a amargura do deserto, uma parte dessas folhas amargas serão usadas como sanduiche feita com as matzot.
- Coloca-se uma porção de "Charosset" uma papa de maçã que representa a argamassa usada no Egito para fabricar os tijolos.
- Batatas cozidas, para mergulhar na água salgada.
- Por cima das três matzot, coloca-se a Kearáh, uma bandeija especifica da Pessach, onde sao colocados os ingreientes a cima indicados.
- Para além disso é preciso, sumo de uva para as crianças e 4 taças de vinho tinto kosher para os adultos. É fundamental que seja Kosher, devido à santidade da Festa de Pessach.
O vinho é sinônimo de alegria e liberdade. Há várias explicações para as quatro taças. Entre elas, a de que simbolizam as quatro promessas de D'us de redenção descritas na Torá, com relação a libertação do povo judeu do Egito: "Eu os libertarei do trabalho no Egito; e Eu os libertarei da escravidão. Eu os redimirei com braço forte e estendido e Eu os guiarei para serem Meu povo."

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores