S - Samech



S - Samech
Sanhedrin -סנהדרין  Corte Suprema formada por 71 membros.
Schneur Zalman de Liadi - Fundador e primeiro Rebe de Chabad-Lubavitch (1745-1812), autor do Tanya.
Sêder - סדר Lit. “ordem”; o sêder é realizado nas duas primeiras noites de Pêssach, e segue uma ordem de rituais de quinze itens do início até seu final.
Sefirat HaÔmer -ספירת העומר  é a “contagem do Ômer”; mandamento da Torá que específica contar 49 dias, do segundo dia de Pêssach (quando foi sacrificado um corban Haômer) até a véspera de Shavuot.
Selichot -  סליחות orações de súplicas que se pronunciam antes de Rosh Hashaná.
Septuaginta - תרגום השבעים Tradução da Torá para o grego feita por 72 sábios judeus a pedido do rei egípcio Ptolomeu II, em 285 A.E.C.

Sete Espécies - שבעת המינים  A Terra de Israel é louvada por estas sete espécies: o trigo, a cevada, uvas, figos, romãs, azeitonas e as tâmaras (Deuteronômio VIII:8).
Sete Leis de Nôach - שבע מצוות בני נח Sete leis universais dadas por D’us para serem cumpridas em todos os tempos por todos os povos; foi entregue inicialmente para Adam, o primeiro homem , e reafirmada após o Dilúvio; estas leis foram repetidas como parte intrínseca da Revelação Divina, no Monte Sinai.
Seudá - סעודת refeição festiva.
Seudat Mashiach - סעודת משיח Refeição servida no último dia de Pêssach, antes do anoitecer, na qual come-se matsá e bebe-se quatro copos de vinho a fim de reafirmar a fé na eminente Redenção e na chegada de Mashiach.
Seudá shlishit -  סעודת שלישי terceira refeição sabática.
Sevivon - סביבון ou Dreidel, (Imagem ao lado) É um Pião de 4 lados com que as crianças tradicionalmente brincam na festa de Chanucá. Tem quatro letras do alfabeto hebraico Nun נ, Guimel ג, Hei ה e Shin ש que formam a acrónimo de "Nesh Gadol Haya Sham" ie. "Um grande milagre aconteceu lá"

Shabat - שבת (Imagem abaixo à direita), Descanso, Sétimo dia da semana, dia santo que testemunha nossa fé em D’us como Criador. Assim como Ele “descansou” após ter criado o mundo em seis dias, ordenou que fizéssemos o mesmo descansando no Shabat.
Shabat mevarechim -  שבת מברכים É o último Shabat de cada mês – que pode ser qualquer dia, do 23º ao 29º em que se abençoa o próximo mês judaico, portanto é feito 12 a 13 vezes num ano.
Shacharit - שחרית Prece da Manhã, começa com o "Mode ani", depois passa para a lavagem das mão o "Netilat Yadaim" e por fim o Shemá Yisrael, usa-se também o "Tallit vestido".
Shamash - שמש Vela auxiliar usada para acender as oito velas da chanukiyá.
Shavuot - חג השבועות Festa que celebra o dia em que D’us revelou-Se no Monte Sinai e entregou a Torá ao povo judeu.
Shalom - שלום, Paz. Vocábulo usada como cumprimento entre as pessoas.
Shamáim - שמים, Céus, o lugar da Santidade de D-us.
Shechiná - שְׁכִינָה, A Divina Presença, conceito cabalistico da Toráh.
Shechitah - שחיטה, É o abate ritual de animais ou aves para torná-los aptos ao consumo judaico.
Shemá Yisrael - שמע ישראל, Oração no judaísmo, recitada de manhã e à noite, é o credo do judaísmo, e significa "Ouve Ó Israel, O Senhor é o Nosso Deus, O Senhor é unico".
Sheliach, Shluchim -  שָלִיחַ‎; שְלִיחִים, Lit. “emissário”, “mensageiro”; Shluchim é no plurar, os enviados especiais que saem de seus lares para habitar locais distantes para cumprir sua missão; o Rebe enviava seus emissários para espalharem Torá em locais longínquos reerguendo ou criando novos centros vivos e atuantes de judaísmo – até hoje.
Shemot - ספר שמותé o livro do Êxodo (segundo livro do Pentateuco); nomes.
Shení - שני, É literalmente a segunda porção (parshá) da Leitura Semanal da Torá.
Shiduch - שידוך Promover a união entre duas (meias) almas gêmeas; fazer um “shiduch”, está associado ao ato de promover uma relação duradoura entre dois seres tendo o casamento como coroação desta união.
Shin - שין é a 21ª letra do alfabeto hebraico, com valor numérico de trezentos.
Shir HaShirim - שיר השירים Cântico dos Cânticos [livro doTanach].
Shishí - ששי sexta porção (parashá) da Leitura Semanal da Torá.
Shiur - שעור (pl. Shiurim). Aula, sessão de estudo.
Shlita - שליטה Acróstico de "Sheyichiye Leórech lamím Tovím Amén" ("Que viva por longos e bons anos. Amén").
Shlomo - שלמה Salomão
Shmone Esrê - שמנה עשרה (ou Amidá) prece silenciosa e concentrada, recitada de pé, que é incluída em todas as Orações.
Shochet - שׁוֹחֵט (pl. Shochatím). Aquele instruído para o ritual de abate de animais, de acordo com a Halachá, Lei Judaica.
Shôfar - שופר‎ Chifre de animal casher utilizado como instrumento de sopro; é tocado durante todo o mês que precede Rosh Hashaná, anunciando a proximidade do ano novo judaico, bem como em Rosh Hashaná; é um “chamado” para despertar a alma para fazer teshuvá; e no término de Yom Kippur.
Shul -  שול Casa de orações judaica, Sinagoga.
Shulchan Aruch - שולחן ערוך Código de Leis; obra escrita por Rebe Yossef Karo, e que engloba todas as leis e práticas judaicas.
Shulchan Orêch - שולחן עורך Refeição servida nas noites do sëder. 
Sichot - שיחות (sgl. Sichá). Pronunciamentos informais do Rebe.
Sidrá שדרה  Leitura Semanal da Torá שדרה
Sidur - סידור (pl.Sidurim) –  “Ordem” (das preces); Livro de Orações.
Sinai - סיני Monte Sinai – local escolhido por D’us para a outorga da Torá.
Sitrá achrá - סיטרה אחרה "o outro lado", o lado do mal.
Sivan - סִיוָן Terceiro mês do calendário judaico (contando a partir do mês de Nissan), no qual ocorre a Festa de Shavuot, que comemora a Outorga da Torá por D’us no Monte Sinai.
Siyum - סיום “Término”, “Conclusão”; comemoração do término do estudo de um tratado talmúdico ou outros assuntos ligados à Torá.
Sucá - סוכה  Cabana com teto de folhagem usada na festa de Sucot (Festa das Cabanas), para lembrar a proteção Divina durante os 40 anos que o povo judeu peregrinou no deserto.
Sucot - סֻכּוֹת Cabanas, Festa dos Tabernáculos que comemora a proteção Divina dada aos filhos de Israel por meio das Sete Nuvens de Glória, que os cercaram durante os quarenta anos de peregrinação no deserto, após o êxodo do Egito. Sucot é um dos períodos em que todo povo vinha festejar no Templo Sagrado em Jerusalém.
Sumo Sacerdote - כהן גדול "Cohen Gadol", o mais destacado entre os sacerdotes, usava oito  peças de roupa. Sua tarefa principal era conduzir todo o serviço do Templo em Yom Kipur, inclusive entrar no Santo dos Santos. Era eleito pelo Tribunal Supremo.

Adaptado de Chabad.org.br

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Seguidores